|

Mulheres inovam com vendas em brechós pela Internet

Quando se fala em brechó, muita gente pensa em um lugar para se desfazer de roupas antigas, fora de moda, sem muito uso e que só estão à venda porque ninguém quer mais. Mas, essa realidade mudou, e inclusive, deixou o espaço físico para entrar na Internet. Mulheres do Sul de Minas viram na rede uma forma de aumentar a renda e manter o negócio. Os clientes podem ter acesso às peças de diversos brechós pelas lojas online e redes sociais, comprando o que quiser – e pagando pouco – no conforto de casa.

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, em caso de loja virtual o cliente tem direito de se arrepender da compra em 7 dias e devolver o produto. E se o produto apresentar defeito, a empresa tem 30 dias para solucionar o problema ou a devolução do dinheiro. Em caso de troca de produtos entre pessoas, é considerada uma relação cível, enquadrada no Código Civil. A troca deve acontecer no prazo de 180 dias.

Tags: , ,

Deixe uma resposta